Notícias

21/03/2019 13:53

Um até breve

Compartilhe:

Um até breve

Dia 20 de março marcou a despedida do VEC na primeira Divisão do Gauchão. O ponto alto do empate em 3 a 3 contra o Brasil de Pelotas foram os gritos de olé da torcida que compareceu ao ADF após a equipe do Veranópolis virar a partida, abafando os gritos de segunda divisão da torcida adversária. O desfecho da campanha Pentacolor vai demorar para ser esquecido. Porém, aos poucos a busca por explicações e teorias sobre o que deu errado em 2019 vai dar lugar ao sentimento de dar a volta por cima. Nesse momento, tem se tornado comum comentários especulativos entre jornalistas e blogueiros que comparam o VEC com outros times do interior, que após passarem por situações parecidas fecharam suas portas. Também é comum, ultimamente, ler mensagens e comentários nas redes sociais de torcedores de outros times do interior debochando da situação atual do Veranópolis Esporte Clube. O curioso é que entre os principais zombeteiros estão os que mais caíram ou permaneceram na segundona Gaúcha. No entanto, podemos entender tal postura, uma vez que nenhum outro time, nem a dupla Grenal, consegue colocar 10% da sua população dentro de um estádio. Assim como, ter sido o tormento dos adversários por 26 anos consecutivos na elite Gaúcha. Nem por isso, vamos deixar de olhar para nossas falhas e buscar aprimorar nossos pontos fortes fortalecendo os pontos fracos. Para todos aqueles que acham que o Pentacolor irá fechar suas portas, caberá observar ele se levantar mais forte do que já era, pois você VEC, nunca caminhará sozinho.

 

MasterLynK

Voltar ao topo